Publicado por: PROFª SURAIA | 23/09/2009

Ruth Rocha


Ruth só foi escrever a sua primeira história aos 39 anos. Na época, trabalhava na revista Recreio, e sua amiga Sônia Robato, que havia feito o projeto da revista, insistia para Ruth escrever uma história infantil. Era final dos anos 60, e começo de uma década que revolucionou a produção de textos para o público jovem, no Brasil. Mas Ruth achava que não devia escrever livro algum, não se via escritora. Foi então Sônia que tomou uma decisão drástica: trancou a amiga em um quarto e a mandou escrever.

O resultado é conhecido do grande público: os livros de Ruth Rocha são lidos e reconhecidos por quase todos os leitores mirins. Depois do primeiro, Palavras, muitas palavras, vieram mais de 100. Muitos deles revolucionários na forma e linguagem, como Nicolau teve uma idéia, e outros que marcaram época questionando os valores da sociedade, como O reizinho mandou, que era um apelo à liberdade de expressão, e um manifesto contra a ditadura. Escreveu livros também que se tornaram enorme sucesso de vendas, como Marcelo, Marmelo, Martelo. Tantas vezes premiada, já traduzida para mais de 25 idiomas.

Ela nasceu em 1931, em São Paulo, mas é filha de cariocas. Tem quatro irmãos, uma filha e dois netos.  Teve infância feliz em Vila Mariana, em São Paulo.  Estudou Sociologia.  Já escreveu uma centena de livros e ganhou os mais importantes prêmios da literatura infanto-juvenil.  Seu livro mais conhecido é “Marcelo, marmelo, martelo”

Veja mais sobre a autora:

Museu da pessoa

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Categorias

%d blogueiros gostam disto: