Publicado por: PROFª SURAIA | 22/09/2009

Pai sem terno e gravata


Andréia narra sobre sua vida, que passou por uma forte mudança desde que, primeiro a mãe, depois o pai, perderam os empregos. A família, composta também por dois irmãos mais velhos, teve de apertar o cinto, dispensar a empregada, mudar de casa e as crianças de escola, fazer economia.

A menina recorda de tempos mais fartos com saudade, vê o pai ficando cada vez mais nervoso e acabado, o clima piora. Mas, depois, ela vê também o lado positivo das mudanças: na nova escola há pessoas interessantes, o pai e a mãe vão trabalhar com artesanato, ele já não usa terno e gravata, os irmãos se solidarizam.

O desemprego do pai faz a família se solidarizar e mudar de vida – quando a crise chega, todos tem de participar: até as crianças.

Anúncios

Responses

  1. essa historia representa milhares de pessoas ;/

  2. eu nao terminei de ler o livro mas gostei do inicio

  3. Amo literatura, principalmente literatura infanto-juvenil. Estou fazendo um trabalho de encerramento de uma disciplina (Literatura e Ensino) do Mestrado em Letras pela Universidade Estadual de Maringá-Paraná. Gostei muito de encontrar esse site. Da autora Cristina Agostinho li apenas Pai sem terno e gravata, indicado por uma amiga para meu trabalho do mestrado e amei o livro. Com uma linguagem leve e uma sensibilidade incrível para lidar com o tema de dificuldade financeira em uma família, a autora impressiona ao colocar a visão da criança contando essa bela estória de superação de uma família.


Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Categorias

%d blogueiros gostam disto: